terça-feira, 15 de novembro de 2011

Cuidado com a tristeza, ela é um vicio!


O ser humano tem o dom incrível de se lamentar por tudo, deprimir por tudo e ao invés de tentar erguer a cabeça e seguir em frente apesar das batalhas serem duras torna-se aquilo a que pode chamar de desistente. E a personalidade? O amor-próprio? Onde está aquilo que dizemos ao outro quando o vemos mal? Estou cansada de ver as pessoas ao meu redor cair no abismo e nem se dar ao trabalho de tentar ultrapassar isso. Dói, nenhuma dor é fácil, é preciso tempo para cicatrizar a ferida e conseguir continuar a nossa caminhada, mas ao mesmo tempo por vezes o ser humano adapta-se de tal forma à tristeza que se torna um vício… de qualquer forma, haverá sempre um dia em que se levantarão… não há pior coisa que ver alguém que gostamos sofrer, e o mais indagável é sem merecer!
Devemos sempre pensar que, apesar de tudo, existem pessoas num outro ponto do mundo a sofrer bem mais que nós, e que as dores emocionais de hoje, amanhã podem passar, enquanto outras, não há possibilidade de remediar.
Não sou um exemplo para ninguém, também choro, também caio, também grito e quero desistir muitas vezes, mas não deixo a minha vida parar só porque me feriram, temos de lutar, ir em frente e perceber que os pontos de inflexão também existem na nossa vida e nos fazem crescer. Nada acontece por acaso*

1 comentário:

  1. Bem vinda ao Blog Michele Santti

    Já fiquei por aqui ;)

    ResponderEliminar

Visualizaram

Leitores